ADRA- Huíla facilita o acesso à informação e testagem voluntária sobre VIH/SIDA

21/5/2019

ADRA- Huíla promoveu, no município da Humpata, o acesso à informação e testagem voluntária sobre VIH/SIDA no âmbito do workshop sobre Justiça de Género e VH/SIDA.

Participaram do workshop 76 membros da comunidade, os quais 37 mulheres apoiados pelo projecto Direito da Mulher à Terra financiado pela FórumSyd e Solidariedade Prática.

Felina Tchapinga, uma das participantes, afirmou que se sente satisfeita com esse debate e que na verdade está sendo um motivo de alegria para todas as mulheres, visto que são as que mais sofrem violência doméstica e a desigualdade de género nas comunidades.“Nas nossas casas não somos respeitadas pelos nossos maridos, com esses debates já podemos reclamar os nossos direitos” acrescentou Felina.

De acordo com Maria Mbili Colela, a formação sobre Justiça e Género está a mudar a sua vida e dos seus familiares, porque já é tida em conta quando partilha as suas ideias sobre este assunto do género e os aplica em casa.

Lucas Justino realçou a extrema importância da realização de workshops relacionados a temas como Justiça de Género, pois “acaba por moldar a mente da comunidade, visto que todos nós temos os mesmos direitos e somos iguais perante a lei e a constituição”.

No fim do workshop, promovido pela equipa do projecto da ADRA-Huíla e Cunene usando a metodologia de Sistema de Aprendizagem de Género em Acção (GALS), 39 participantes fizeram a testagem voluntária e os resultados de todos foram negativo. Os técnicos de saúde fizeram distribuição de 108 preservativos aos participantes.

Download PDF

Partilha

1
FACEBOOK
2
TWITTER
3
YOUTUBE