Segundo o presidente do conselho de administração do BCI, Filomeno Ceita, a intenção de o BCI é de apoiar mil camponeses com recursos já disponíveis na instituição, e anunciou que, para o êxito do projecto, o BCI está a trabalhar com a Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA) na selecção dos agricultores organizados e com requisitos para beneficiar dos empréstimos.

Filomeno Ceita precisou que, para além deste projecto, o banco está disponível para financiar com até oito milhões de dólares (mais de mil milhões de kwanzas), iniciativas empresariais com os recursos concedidos ao programa Angola Investe.

“A aplicação dos dois projectos é de carácter imediato, aguardando-se apenas que as autoridades da província indiquem os municípios que já beneficiam de financiamentos do género, a fim de se fazer um reforço da disponibilidade de crédito e lançar os produtos noutras localidades”, declarou.

O presidente do Conselho de administração do BCI esteve na passada terça-feira em Malanje para anunciar às autoridades da província a disponibilidade de fundos para o crédito ao sector produtivo e para uma abordagem sobre a identificação de espaço para a construção das novas instalações do banco na província.