A administradora municipal de Kiwaba Nzoji, Emília Ventura, exortou sábado nesta localidade, aos camponeses do sector do Medile, a primarem por uma agricultura mais sustentável, com vista a garantir o autossustento das famílias.

Durante o XVI encontro municipal das comunidades de Kiwaba Nzoji, promovido pela ADRA-Antena Malanje, que visou, entre outros aspectos, analisar o nível de vida dos camponeses e a partilha de experiências de boas práticas de desenvolvimento local sustentável, Emília Ventura disse que o actual desafio do país é a diversificação da economia nacional, passando pelo investimento no domínio da agricultura, daí que o governo está apostar neste sector.

Por sua vez, o representante da ADRA-Antena Malanje, Fernando Cardoso, destacou a necessidade de uma participação mais activa dos camponeses na vida das comunidades, pois só com a exposição dos problemas, é possível o governo conhecer e buscar vias de resolução.

O XVI encontro municipal das comunidades de Kiwaba Nzoji contou com a participação de autoridades tradicionais, membros da administração local, associações e cooperativas de camponeses, membros do fórum municipal e de outras instituições.

O evento serviu para a reflexão sobre a situação do acesso das comunidades rurais, e a necessidade de assegurar os seus direitos fundiários, políticas públicas de apoio ao desenvolvimento rural.

O  encontro municipal das comunidades é um espaço de debate que a Adra-Antena Malanje realiza desde 1997 na província, com vista a identificar os problemas da população rural e ajudar o governo na busca de mecanismos e resolução dos mesmos.

O município de Kiwaba Nzoji está localizado a 95 quilómetros a norte da cidade de Malanje e conta com uma população estimada em 10 mil habitantes maioritariamente camponeses.