Workshop de reflexão e partilha de experiência sobre a convivência com a seca

4/9/2019

ADRA, em parceria com o Governo da província da Huíla, realizou na manhã de ontem (3 de Setembro) o workshop de Reflexão e Partilha de Experiências sobre a Convivência com a Seca, no município dos Gambos, província da Huíla.

O workshop teve como objectivo partilhar conhecimentos e experiências sobre tecnologias adaptadas às condições do Sudoeste de Angola e mitigação dos efeitos das alterações climáticas à luz dos estudos locais e da experiência do nordeste brasileiro.

De acordo o Director Geral da ADRA, Carlos Cambuta, a seca é uma preocupação que tem afectado o Sul e o Sudoeste do país.  “Por isso tomou-se a iniciativa de promover este workshop para juntos com os fazedores de opinião pública e os membros das comunidades encontrarmos soluções”. Referiu.

“Camponeses e pastores muitas vezes são vistos como um problema, não como uma solução (…) é importante encarar as pessoas como solução do desenvolvimento”, defendeu Adriano Gomes, consultor agrónomo.

A Vice-Governadora Provincial, Maria João Tchipalavela, enalteceu a realização do evento, tendo considerado um importante espaço de reflexão sobre a temática com os técnicos e líderes tradicionais. “Surge num momento em que o município dos Gambos está a viver a seca prolongada, tornando mais grave o contexto socioeconómico vivido pela população”, realçou.

“Está na hora do Instituto de Investigação Agrónoma sair da sua área de conforto e voltar para as comunidades e trazer o valor do trabalho que pode agregar ou recuperar muitas das culturas e trazer algumas soluções importantes”. Afirmou a Vice-Governadora da província da Huíla.

Realçar que este evento contou com a presença de entidades governamentais das províncias da Huíla, Namibe e Cunene, representante da Diaconia do Brasil, Ajuda das Igrejas Norueguesas, quadros das administrações municipais, autoridades tradicionais, entidades eclesiásticas, representantes da sociedade civil e membros das comunidades.

Download PDF

Partilha

1
FACEBOOK
2
TWITTER
3
YOUTUBE