ADRA-Benguela avalia as suas acções com as comunidades

6/7/2021 2:54 PM

As equipas da ADRA nos municípios do Cubal e Ganda, em Benguela, avaliaram, nos dias 1 e 2 de Julho (respectivamente), as acções da Organização nas duas localidades e analisaram, com a comunidade e parceiros, o grau de cumprimento das actividades previstas para o primeiro semestre deste ano.

Em análise do contexto no Cubal, os membros das comunidades destacaram os problemas fundiários, insuficiência de água, insegurança nutricional e o atraso na entrega de insumos agrícolas, como as principais dificuldades locais.

E para os munícipes da Ganda, a lentidão na legalização de cooperativas, problemas de intolerância política em determinados focos e insegurança alimentar fruto da estiagem são questões que ainda preocupam as comunidades.

De acordo com os coordenadores municipais, os balanços são positivos e a relação entre a Organização, as cooperativas/associações e instituições públicas tem vindo cada vez mais a fortificar-se.

“O balanço municipal é também um espaço de encontro de promoção do diálogo das comunidades com as instituições públicas locais e a ADRA”, explicou Félix Sicato, coordenador municipal da ADRA na Ganda.

“Durante este balanço, destacou-se a necessidade do diálogo permanente entre as comunidades e as instituições públicas, a fim de reportarem os problemas que os afligem, como a falta de meios de produção, a fome, degradação das vias de acesso, educação e saúde”, reforçou Justino Figueiredo, coordenador Municipal da ADRA no Cubal.

O presidente da Cooperativa Unidos Venceremos (Ganda), Isaac Francisco, encoraja a ADRA a continuar a criar espaços de diálogos entre os cidadãos e Instituições do Estado.

“Neste momento, apontamos o dedo à ADRA para que continue a incentivar esse processo de balanço, porque sem balanço não há resultados positivos”, concluiu.

Com o financiamento da Organização AfrikaGrupperna, os dois encontros contaram com a participação de equipas municipais da ADRA em Benguela, representantes de Associações e Cooperativas e parceiros do Ministério da Saúde, Acção Social, Agricultura e Estação de Desenvolvimento Agrícola (EDA); perfazendo um total de 25 participantes em cada município.

ADRA | Mais de 30 anos construindo caminhos para a Cidadania e Inclusão Social em Angola
Fazer Download