Associação de camponeses do município da Humpata preocupada com o ambiente

12/2/2020

Os seres humanos são os grandes responsáveis por mudanças graves no meio ambiente, como a poluição e a perda de biodiversidade e cabe a nós criar medidas que possa proteger a terra.

Preocupados com a degradação do meio ambiente, no dia 07 de Fevereiro, os membros das associações de camponeses da Palanca I no município da Humpata sensibilizaram-se numa acção de transplantação e repicagem de quinhentas mudas de eucaliptos para contrapor aos efeitos negativos das mudanças climáticas.

Com o envolvimento de 15 membros, dos quais quatro mulheres, e com o apoio técnico da ADRA – Antena Huíla, foi feita a transplantação de três variedades como, eucaliptos, cedros e cardehegus os camponeses esperam ter contribuído na criação de uma cortina de vento.

“É importante que nós criemos o hábito de preservar e conservar o meio ambiente para a consciencialização das futuras gerações. Precisamos realizar campanhas como esta de mobilização para a plantação de árvores. Cada um de nós nesta associação deve participar de forma activa, porque o bem maior é nosso”, apelou o soba da Palanca I, José Cambia.

Como resultado desta acção, foram plantados quatro viveiros, sendo dois de eucaliptos com um metro e setenta de largura e 10 metros de comprimento, um de cedros e um de cardehegus com o apoio técnico da ADRA – Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiento, e com o apoio financeiro da Norwegian Church Aid in Sudan- NCA e da FORÚM SYD.

Download PDF

Partilha

1
FACEBOOK
2
TWITTER
3
YOUTUBE